A parceria com do Projeto Social do Anglo com a ONG TETO Brasil foi renovada este ano e trouxe uma grande novidade: nosso desafio será dobrado porque vamos construir duas casas! “Isso é inédito nas escolas”, comemorou a coordenadora do nosso Projeto Social, professora Cristina Abrunhosa. A construção acontece em novembro.
A construção de moradias emergenciais em comunidades de extrema pobreza é uma das ações da TETO, presente em 19 países da América Latina. Todos os anos, a ONG oferece a alunos de diferentes escolas a oportunidade de participar da atividade. Para cada casa construída, dez jovens estudantes e um adulto se voluntariam para pôr as mãos na massa e trabalhar junto com os representantes da ONG e moradores da comunidade. No Anglo, como serão duas moradias, 20 alunos terão a chance de participar da experiência.
Parte do grupo que participou da construção em 2016
A atividade é uma imersão. Os voluntários passam um final de semana construindo a casa e conhecendo a realidade local. Eles participam de discussões sobre os problemas enfrentados pela comunidade e debatem sobre como seria possível transformar a vida das pessoas.
Para conseguirmos levantar as duas casas, vai ser preciso arrecadar R$ 13 mil. E toda a comunidade escolar pode colaborar. Desde o início do ano, as turmas do 2º EM vêm realizando ações para juntar o dinheiro necessário. Os alunos prepararam doces e geladinhos, que venderam durante os intervalos e em eventos como a Manhã de Lazer, e espalharam cofrinhos pelas salas de aula para que os colegas possam contribuir.
A casa emergencial tem 6,1 x 3 m e é feita de madeira. O imóvel não é uma solução definitiva para a falta de moradia. É apenas o primeiro passo para o trabalho em conjunto. A ideia é que, com uma habitação mais digna, as famílias possam readquirir sua autoestima e começar a batalhar por mais qualidade de vida e um melhor lugar para morar.
Anúncios