As crianças da Creche Tia Emília, acompanhadas pela turma do 4º ano, tiveram uma manhã de integração recheada de atividades na última quarta-feira. Organizada pela coordenação do Ensino Fundamental I, a programação no Anglo contou com uma agitada aula de Educação Física do professor Marcel Rodriguez, apresentações de pequenas peças teatrais preparadas por nossos alunos e pela professora Ana Patrícia Bitencourt, além de um delicioso e diversificado lanche coletivo.
A ocasião reuniu ainda os representantes do grêmio, que entregaram aos visitantes os produtos comprados com o dinheiro arrecadado no bazar da Manhã de Lazer. Ao todo, foram adquiridos oito colchonetes, três ventiladores e um aparelho de DVD para a instituição. O lucro do evento, de acordo com Cristina Abrunhosa (coordenadora de Projeto Social do Anglo), superou as expectativas, já que tratava-se da comercialização de itens usados. “O que percebemos é que a maioria das pessoas, alunos e pais, compram pela ideia de colaborar. Esse sentimento de atenção ao próximo é o mais valioso”, considerou ela, sem esquecer de falar sobre a importância do encontro entre as turmas do EF I e as crianças da creche: “é uma reunião muito boa, pois há uma troca entre eles. A diferença de idade, nesse caso, não é tão grande e isso faz com que haja uma diversão mútua durante as brincadeiras”.
Responsável também por orientar a turma do 4º ano na criação dos números da Chapeuzinho Vermelho e da Bela Adormecida no Bosque, Ana Patricia conta que foram os alunos quem elaboraram o cardápio da merenda compartilhada. “Eles ofereceram os pratos e fizemos uma seleção do que seria mais adequado para trazerem de casa. No fim, tivemos bolos de chocolate, brigadeiro, pipoca, quibe, pãezinhos, frutas e sucos”, lembrou.
Para Maria Emília Lima, diretora da creche, a parceria com a escola é vista com bons olhos por funcionários, familiares e pelas próprias crianças atendidas. “Eles convivem no Anglo como se fosse um paraíso. Ficam ansiosos na véspera do encontro e, quando chega o dia, acordam cedinho, sem precisar que a gente chame. A maioria tem decorados os nomes dos alunos e fica na maior euforia durante as atividades com eles”, disse, acrescentando: “se, para nós, esses momentos são agradáveis, para as crianças, eles são mágicos”.
Toda essa diversão foi registrada pelo fotógrafo e professor Ian Fraser
Anúncios