Foram duas horas e meia de muitas descobertas na Creche Béu Machado. Diferente dos europeus durante o período das grandes navegações, quando os portugueses desembarcaram em terras brasileiras, os alunos do 9º A do Anglo não precisaram desbravar o Oceano Atlântico em navios pouco seguros.

Bastaram caneta e papel na mão para que eles conhecessem um novo mundo durante a visita à instituição, realizada nesta terça-feira, dia 12, sob a coordenação de Cristina, gestora dos Projetos Sociais. Funcionários, cozinheiras, professores e a fundadora da creche, Maria José Machado, foram entrevistados pelos estudantes, que pretendiam compreender as condições econômicas e sociais da instituição para propor melhorias. É claro que também não faltou muita integração e troca de carinhos entre as crianças e a turma do Anglo.

“A ideia principal da visita foi iniciar esses alunos num trabalho de investigação e pesquisa científica”, explicou Cristina, que estava acompanhada pela professora Ana Cláudia. A boa notícia é já que deu para ter uma amostra do resultado desta atividade ainda durante a visita, quando algumas ideias para melhorar as condições de acolhimento e acompanhamento das crianças foram expostas pela turma do Ensino Fundamental II.

Em uma das aulas reservadas ao projeto social, daqui a 15 dias, os alunos vão apresentar o resultado das entrevistas e as atividades que serão desenvolvidas para a creche, o que vai permitir que a ação do Anglo vá muito além da ajuda material imediata.

Na semana de entrega dos boletins da Unidade I, serão vendidos materiais do bazar da creche selecionados por alunos do 9ºA durante a visita. Será uma ótima oportunidade para você, que não faz parte da turma, também ajudar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios