Tudo sobre os Projetos Sociais desenvolvidos pelo Colégio Anglo-Brasileiro

Monthly Archives: Fevereiro 2013

Bastaram alguns minutos de bate-papo com a fundadora da creche Tia Emília para os alunos do 5º ano se empolgarem com a possibilidade de ajudar e trocar experiências com as crianças que são atendidas pela instituição. Este ano, os estudantes da última série do Ensino Fundamental I vão gerenciar o projeto social sob a coordenação da professora Cristina, promovendo visitas, passeios e arrecadando alimentos e outras doações.

Na conversa que teve com os alunos,  a professora Emília, que dá nome à creche, falou um pouco sobre a instituição, localizada no bairro do Nordeste de Amaralina, e deixou todo mundo com vontade de conhecer o espaço, que atende 50 crianças dos quatro meses aos 5 anos de idade. Segundo a professora Angela, a primeira visita ao local vai acontecer na primeira semana de março, mês em que também será realizado um passeio conjunto ao zoológico.

“Elas precisam da nossa ajuda e, principalmente, da nossa convivência”, disse a professora Puni no encontro. Ela explicou que o projeto social deve ir além da doação de alimentos ou brinquedos. E Angela, coordenadora do Fundamental I, acrescentou: “a gente sabe que também aprende a partir da relação com o outro. Também vamos  trocar experiências com as crianças da creche”.

Como aconteceu em 2012, os alunos de todo o Ensino Fundamental I poderão doar um quilo de alimento não perecível sempre na última sexta-feira de cada mês, o dia do Free Dress. Tia Emília destacou que brinquedos que não são mais utilizados pelos alunos também podem ser doados para a creche, que não tem ajuda do governo e depende de doações e de uma pequena mensalidade paga pelos pais das crianças.

Além de Emília, três professores e dois voluntários se dedicam às crianças da instituição das 6h30 às 18h. A ideia de criar a instituição, que completa 15 anos em 2013, surgiu do amor que a fundadora tem por crianças. “Sou formada em pedagogia, trabalhei como professora e sempre tive o interesse de realizar o trabalho que faço hoje. Amo muito o que faço”, falou emocionada para os alunos do 5º ano, que vão encarar o desafio de pensar em ações para as crianças da creche de hoje em diante.

Como falou a professora Cristina, coordenadora de Projetos Sociais do Anglo-Brasileiro: “Vamos seguir firmes e fortes”.

Anúncios